quarta-feira, 27 de julho de 2016

Festival Halleluya supera público de um milhão e se prepara para JMJ



26 Jul. 16

FORTALEZA, (ACI).- Em sua edição histórica comemorativa dos 20 anos, o Festival Halleluya bateu o recorde de público nos cinco dias de evento. Foram contabilizados 1 milhão e 80 mil participantes, sendo que de 70% a 80% são jovens. Agora, a expectativa é para a realização do Festival em Cracóvia, como parte da programação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).
“Alcançamos os homens, as mulheres, as crianças, os jovens. Estamos no alicerce da sociedade e da Igreja. Evangelizando a família, nós damos frutos fecundo para a evangelização do mundo”, destacou Moysés Azevedo, fundador da Comunidade Católica Shalom, que promove o evento.

O último dia da programação atraiu 150 mil pessoas à Arena Halleluya, no Condomínio Espiritual Uirapuru – CEU, em Fortaleza (CE). No sábado, foram 300 mil pessoas participantes, mesma quantidade que marcou presença na sexta-feira, 22. Na quinta-feira, 21, o público chegou a 180 mil e, na quarta-feira, 20, reuniu 150 mil pessoas.
Neste ano, o festival contou com 23 atrações musicais, entre as quais Pe. Fábio de Melo, Rosa de Saron e Missionário Shalom. Foram 23 horas de shows no palco principal.
O Festival Halleluya contou com oito espaços temáticos com programações simultâneas. Considerado o coração do evento, o Espaço Misericórdia teve a presença de cerca de 25 sacerdotes por noite que atenderam 2813 confissões.
Foram realizados 3938 atendimentos em oração e aconselhamento. Os cursos contaram com 1.780 participantes, além de 1.897 participantes nos Seminários de Vida no Espírito Santo.
Outras marcas do evento foram a solidariedade e a acessibilidade. A criação do Espaço Vida consolidou o Festival como o evento mais solidário do Estado. A parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) foi renovada pelo 14º ano consecutivo. Foram arrecadadas 836 bolsas de sangue até o sábado e realizados 42 cadastros de medula óssea.
Foram arrecadados também 1280 kg de alimentos não perecíveis. Além disso, houve programação com palestras e triagem que visa à prevenção e ao combate às drogas. Foram contabilizadas 271 pessoas nos cursos e 28 aconselhamentos no Espaço Vida.
Na área da acessibilidade, o evento contou com espaço reservado para surdos e deficientes visuais. Foram 8 deficientes visuais, 90 surdos e 39 acompanhantes. Durante o festival, 30 intérpretes de libras se revezavam para que 10 a cada noite pudessem acompanhar os deficientes auditivos.
Passado esse grande evento, a comemoração dos 20 anos de Halleluya segue nesta semana na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Cracóvia, onde será realizado entre os dias 27 e 29 de julho, inserido na programação do Festival da Juventude.
O evento acontecerá na praça Szczepanski a poucos metros da Praça do Mercado no Centro de Cracóvia. Segundo a Comunidade Shalom, a expectativa é alcançar um público entre sete e dez mil jovens. Serão 15 apresentações entre música, teatro e dança com atrações em vários idiomas: inglês, polonês, francês e italiano.
De acordo com Helano Roberto Bezerra Filho, missionário da Shalom que irá coordenar o Halleluya de Cracóvia, a Comunidade Shalom quer levar para os jovens da JMJ a mensagem de que “Cristo é a nossa paz”. “Queremos apresentar por meio do Festival Halleluya que os jovens sendo cristãos, vivendo a fé, não deixam de ser jovens, mas pelo contrário, encontram a plena força e a verdadeira alegria da sua juventude”.
Esta não é a primeira vez que o festival ganha caráter internacional. Ele já foi promovido em outros países, como Uruguai, Itália, França e Terra Santa. Além disso, fez parte do programa da JMJ do Rio de Janeiro, em 2013.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...