quarta-feira, 22 de junho de 2016

Papiro da "Esposa de Jesus" provavelmente é uma farsa, diz professora


Uma professora da Universidade de Harvard que causou alvoroço ao revelar um pequeno fragmento de papiro que supostamente se referia ao fato de Jesus ser casado, diz agora que o papiro é provavelmente falso.
A reportagem é de Denise Lavoie, publicada por AP, 20-06-2016.
A professora da Harvard Divinity School, Karen King, apresentou o pedaço de papiro em Roma em 2012. O fragmento, escrito em copta, inclui a frase "Jesus disse-lhes: minha esposa."
Desde o início, o papiro provocou polêmica e debate entre os estudiosos. Dúvidas sobre a sua autenticidade foram levantadas quase imediatamente.
Karen King disse que é provável que o fragmento seja uma falsificação moderna. Ela citou um artigo de investigação publicado na semana passada no site da revista The Atlantic que levantou questões sobre o dono do papiro, o empresário Walter Fritz, da Flórida. A revista também foi a primeira a relatar que o papiro é provavelmente uma farsa.
"Se você me perguntar hoje se estou mais inclinada a acreditar que seja um texto antigo ou uma falsificação moderna, estou inclinada a pensar que se trata de uma falsificação moderna, com base nesta nova evidência" disse King à Associated Press.
A revista encontrou inconsistências na história de Fritz sobre como ele adquiriu o papiro e também em um documento que supostamente o autenticaria, fornecido a Karen King.
"Estes indícios fazem a diferença para saber se era uma falsificação ou não, e sugerem que o papiro realmente seja uma falsificação", disse King.
Fritz não foi encontrado por telefone. Em um e-mail à AP na segunda-feira, Fritz incluiu uma carta enviada ao The Atlantic em que ele negou ter forjado, alterado ou manipulado o papiro ou sua inscrição.
Mark Goodacre, professor de estudos religiosos na Universidade de Duke, disse que foram levantadas dúvidas sobre o fragmento horas depois de Karen ter mostrando o texto em uma conferência em Roma.
"Quando pessoas que passam suas vidas inteiras estudando este tipo de coisa se deparam com algo assim, torna-se fácil para muitos deles identificar imediatamente que havia algo suspeito", disse Goodacre.
Ele disse que King teve "muita coragem" para reconhecer que provavelmente tenha sido enganada.
King disse que sempre acreditou que o fragmento não provava se Jesus era de fato casado.
"É, no máximo, uma parte do início da história cristã sobre se os cristãos deveriam se casar", disse ela.
Ela disse que "não está feliz" por ter sido enganada, mas se sentiu "estranhamente aliviada" após a leitura do artigo da The Atlantic.
"Eu acho que ser detentora da verdade sempre envolve alguma centralização", disse ela.
David Hempton, reitor da Harvard Divinity School, disse em um comunicado que sua missão é "buscar a verdade através da pesquisa, da investigação e do debate vigoroso."
A faculdade "agradece aos muitos estudiosos, cientistas, técnicos e jornalistas que têm dedicado seus conhecimentos para a compreensão da origem e do significado do papiro", disse Hempton.
================
jbpsverdade: Com relação a esta matéria, clique aqui e veja a origem da mesma. 
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...