quarta-feira, 22 de junho de 2016

As “brincadeiras” que mexem com o Oculto e seus perigos.

[ipco]
Por

Em um mundo cada vez mais movido pelo ateísmo, paganismo, etc.  A curiosidade pelo oculto atrai muitas pessoas para certas seitas esotéricas, cartomantes, horóscopos, astrologia…
E muitas vezes os jovens acabam vítimas dessa curiosidade e se enveredando em um caminho cada vez mais perigoso em busca de respostas.
Está cada vez mais comum ouvir que os jovens estão se envolvendo em diversas práticas ocultas, querendo saciar sua curiosidade e obter respostas para as suas dúvidas.
Algumas dessas práticas são certas “brincadeiras” que fazem o jovem mexer com o ocultismo, bruxaria e demônios.
Existem várias como o “jogo do compasso”, ou o mais recente “Charlie, Charlie” que leva jovens a invocar demônios por mera curiosidade, e, muitas vezes, com traumas para os participantes.
O mais recente caso noticiado foi de adolescentes socorridos em macas com desmaios e vômitos em cinco escolas de Manaus após ter realizado a brincadeira do Charlie, Charlie.
O “jogo do compasso”, por exemplo, pode ser considerado como uma sessão  esotérica, onde o “jogador” faz um circulo com várias letras e números e as palavras SIM e NÃO, colocam um compasso no meio e invocam demônios para responder suas perguntas como: “Qual o seu Nome ?”, “Você veio fazer o bem ou o mal?” , “Você pode se manifestar para comprovar a sua presença?”, …
Isso é reflexo de uma sociedade cuja juventude cresce cada vez mais sem Deus, e sem o magistério tradicional da Igreja, que condena qualquer prática supersticiosa.
Que Nossa Senhora livre nossos jovens dessas investidas demoníacas.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...