quinta-feira, 3 de março de 2016

Igreja transformada em clube de skate e esoterismo

[ipco]
Por

A igreja de Santa Bárbara abandonada foi rebatizada ‘Templo do Caos’

A digna igrejinha de Santa Bárbara, na localidade de Llaneras, região das Astúrias, na Espanha, foi cair nas mãos de um “artista urbano”, um grafiteiro de nome Okuda San Miguel, informou El Mundo de Madri.
Ele foi contratado por um grupo que se apresenta como um “coletivo” de nome Church Brigade.
Essa ONG comprou a igreja abandonada pelo clero em 2007 e a dedica exclusivamente ao skate, misturado com superstições tipo Nova Era.
A igreja tem 300 metros quadrados e foi construída num belo estilo neorromânico com detalhes neogóticos.
Obra do arquiteto asturiano Manuel del Busto concluída em 1912, ela teve privilégios de basílica.
Sofreu muito com a Guerra Civil 1936-1939 e não foi restaurada como merecia.
A revolução eclesiástica na arquitetura se desinteressou por esse nobre templo, outrora residência do Santíssimo Sacramento.
Na ideologia “progressista” era uma igreja feita com a mentalidade dos “ricos” e não dos “pobres”, “fechada” e não “aberta”.
O ‘Templo do Kaos’ é um doloroso fruto da revolução na Igreja

Ernesto Fernández Rey (a) Jernest, líder da ONG Church Brigade, comprou a igreja abandonada dizendo que ia instalar uma empresa multisserviços.
O grafiteiro Okuda degradou ao extremo o nobre templo pintando-o por dentro com cores e imagens aberrantes, que incluem insinuações obscenas e esotéricas num estilo que poderia ser qualificado de surrealismo pop.
Okuda aceitou desfigurar a igreja quando viu uma foto na Internet de praticantes do skate dentro dela.
A ONG Church Brigade conhecia outros trabalhos dele e encomendou-lhe a deformação.
Muitos vitrais ficaram, mas outros foram desenhados por Okuda e instalados sobre o altar mor.
O grafiteiro aplicou a esotérica pintura em sete dias, com a ajuda de três assistentes.
Okuda foi pago por mecenas e a ONG quer atrair um vasto público para passar a mensagem da convergência do skate com as ruínas da Igreja.
Não faltará religioso “moderno”, “progressista”, ou “na onda” para comemorar a profanação.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...