segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Hitler, Deus e a Bíblia

DOCUMENTOS ORIGINAIS COMPROVANDO E OFICIALIZANDO A PERSEGUIÇÃO DAS IGREJAS CRISTÃS NA ÉPOCA DE HITLER


Ray Comfort é co-apresentador produtor (com Kirk Cameron) do premiado programa de televisão "The Way of the Master" ( A MANEIRA DO MESTRE ), que vai ao ar em 123 países ao redor do mundo (aqui no Brasil vai ao ar pela Rede Boas Novas de Televisão). Ray é um autor best-seller de mais de 70 livros, incluindo "Deus, Hitler, e a Bíblia", "Nothing Created Everything", e "The Evidence Bible."
Ao longo da história, os políticos têm usado a linguagem religiosa para ganhar eleições. Um líder mundial era particularmente bom no que fazia:

"Nessa hora eu iria pedir ao Senhor Deus só isto: que ele desse sua bênção para o nosso trabalho, e que Ele possa sempre nos dar a coragem de fazer o certo. Eu estou convencido de que os homens que são criados por Deus devem viver de acordo com a vontade do Todo-Poderoso. Ninguém pode formar a história do mundo, a menos que sobre a sua finalidade e os seus poderes repousa as bênçãos desta Providência ".
Isso pode soar como um líder ideal, mas este discurso foi dado em 1937 pelo chanceler da Alemanha, Adolf Hitler. Em seus discursos, ele desafiava as pessoas a amar seus vizinhos, a cuidar dos pobres e doentes, e de tomar uma posição contra a violência.
No livro "HITLER, DEUS E A BÍBLIA", o evangelista internacional e autor best-seller Ray Comfort expõe a teologia de Adolf Hitler e o abuso da religião como um meio de conquistar o poder político e finalmente instigar a Segunda Guerra Mundial e o genocídio.
Esta fascinante livro estuda as profundezas nas crenças de Hitler e argumenta de maneira convincente que sem o uso indevido do Cristianismo do Terceiro Reich de Hitler não teria tido a sua origem lendária, resultando na morte de mais de seis milhões de judeus.
Destacando a juventude de Hitler, suas influências e seu caminho para seduzir uma nação, "HITLER, DEUS E A BÍBLIA" é um frescor, a lembrança pungente do poder da cruz e como seu uso indevido levou à Solução Final.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...